prev

Capuz Cervical

next

Método de Barreira

O capuz cervical bloqueia a entrada do colo uterino, impedindo a entrada de esperma no útero.

Eficácia
Uso Típico

84% Info

Capuz Cervical

Use do jeito certo!

84%

Eficácia de uso

Quando há risco de aplicação incorreta, uso irregular ou simples erro humano.

91%

Eficácia com uso correto

Quando usado com 100% de precisão, não dependendo de autoadministração e utilizado exatamente de acordo com a instrução.

Cerca de 16 em cada 100 mulheres por ano vão ter uma gravidez indesejada

Cerca de 9 em cada 100 mulheres por ano vão ter uma gravidez indesejada

Para sua informação, sem uso de método contraceptivo, 85 em cada 100 mulheres jovens vão engravidar este ano.
Lembre-se: se você vai fazer, vale a pena fazer direito.

Fonte: Trussell J. Contraceptive Efficacy. Efficacy at typical and correct use figures. Em: Hatcher RA, Trussell J, Nelson AL, Cates W, Kowal D, Policar M. Contraceptive Technology: Twentieth Revised Edition. New York NY: Ardent Media, 2011.

Regime

48H MAX Info

Capuz Cervical

Faça do jeito certo.

O capuz cervical precisa ser inserido, com espermicida, a cada vez que você fizer sexo. Ele precisa ficar no lugar por pelo menos 6 horas após o sexo, mas não mais de 48 horas.

Características

  • Baixo custo
  • Livre de hormônios
  • De fácil obtenção

    PLUGUES, TUBULAÇÕES
    E PREVENÇÃO DE GRAVIDEZ

    Na verdade, o capuz cervical não passa mesmo de um capuz em termos de aparência, para você ter uma ideia. Na realidade, a forma como o capuz cervical funciona se parece mais com a de um plugue, sendo empurrado para cima na vagina até recobrir o colo uterino, de modo a impedir o esperma de entrar no útero. O capuz é feito de silicone ou látex macio com um aro redondo menor que o diafragma e que recobre apenas o colo uterino. Requer consulta inicial com profissional da área da saúde para verificar o tamanho adequado. Pode não funcionar tão bem em mulheres que já tiveram filhos, pois o parto pode causar estiramento da vagina e do colo do útero, de modo que o capuz talvez não se encaixe bem. O capuz não deve ser utilizado sozinho. Para você ficar corretamente protegida, ele deve ser sempre usado com espermicidas.

    Capuz Cervical - Método de Barreira
    • Como usar o Capuz Cervical
    • Capuz Cervical Como usar

    COMO FUNCIONA

    Você deve colocar o capuz na vagina antes de fazer sexo, o que pode ser um pouco complicado no início, mas com a prática, como sempre, você se familiariza com o processo. Primeiro lave as mãos, pegue o capuz e o espermicida. Comece enchendo a abóbada com espermicida, espalhe um pouco nas bordas também e depois vire-o e faça o mesmo do outro lado.

    Em seguida, para colocá-lo no lugar você começa fazendo exatamente como faz ao usar absorvente interno. Aperte as laterais do capuz, empurre-o para dentro e para cima da vagina até ele se encaixar no colo uterino e pronto. Não se esqueça de verificar se você consegue sentir a alça, pois vai precisar dela. Você deve deixar o capuz no lugar por pelo menos 6 horas após fazer sexo e retirá-lo em no máximo 48 horas. Para retirar o capuz, fique de cócoras e pressione a abóbada para acabar com a sucção, e então ache a alça e use-a para puxá-lo devagar para fora.

    VANTAGENS E DESVANTAGENS

    • Pode ser usado na hora que precisar
    • Pode ser facilmente carregado com você
    • Não é afetado por outras medicações
    • Pode ser usado durante amamentação
    • Livre de hormônios
    • Pode interferir na espontaneidade da vida sexual
    • O uso pode exigir prática
    • Requer que você controle o número de horas que permanece no lugar
    • Nem sempre é adequado para mulheres que já tiveram filhos
    • Requer consulta inicial com profissional da área da saúde para verificar o tamanho adequado
    • Apresenta maior eficácia quando usado junto com espermicidas
    • Baixa eficácia mesmo quando utilizado conforme indicado
    • O capuz pode causar irritação ou reações alérgicas
    • Se você mantiver o capuz no lugar por mais de 48 horas, há risco de síndrome do choque tóxico. Choque tóxico é uma infecção rara, mas grave
    • Não protege contra infecção por HIV (AIDS) e outras doenças sexualmente transmissíveis (DSTs)

    APRENDA A FALAR SOBRE ISSO COM:

    Profissionais da Área da Saúde

    Profissionais da Área da Saúde

    Os profissionais da área da saúde conhecem o assunto melhor do que ninguém; obtenha as respostas certas para você

    Seus Pais

    Seus Pais

    Eles conhecem você melhor do que ninguém e já passaram por isso também

    Seu Parceiro

    Seu Parceiro

    Vocês estão nessa juntos e não apenas durante a relação sexual

    PERGUNTAS FREQUENTES

    O que acontece se eu engolir um pouco de espermicida sem querer?

    A maioria dos espermicidas tem gosto desagradável, mas normalmente não fazem mal nem causam mal-estar. Porém, é aconselhável evitar a ingestão de quantidades excessivas. Se você estiver preocupada com sensação de mal-estar depois de engolir algum espermicida, procure atendimento médico.

    Como funcionam os espermicidas?

    Os espermicidas contêm substâncias que matam os espermatozoides. Alguns produtos também formam uma espuma ou muco espesso que bloqueia o colo do útero, atuando como barreira para os espermatozoides. Eles podem ser na forma de espuma, comprimidos efervescentes, óvulos, cremes, geleias e esponjas. Espermicidas não são suficientemente eficazes quando utilizados sozinhos, devendo ser usados junto com métodos de barreira, tais como o diafragma ou o capuz.

    O capuz cervical pode ser usado durante a menstruação?

    Não, o capuz cervical não pode ser usado durante a menstruação, pois obstrui o fluxo natural do ciclo menstrual. Para ficar protegida contra gravidez indesejada durante esse intervalo de tempo, você deve usar outro método anticoncepcional, tais como preservativos, até o fim da menstruação.

    Como o capuz cervical é colocado?

    Há vários tamanhos de capuz cervical, variando entre 22 e 26 mm. O exame pélvico pelo médico ou profissional da área da saúde vai determinar qual o tamanho de que você precisa com base no seu histórico obstétrico. Por exemplo, mulheres que nunca engravidaram usam um tamanho menor do que as que já tiveram filho. Em seguida, são inseridos tamanhos maiores ou menores até chegar ao encaixe correto, ajustando-se de forma cômoda na metade superior da vagina. A mulher deve praticar como inseri-lo, sob supervisão, e a colocação deve ser verificada para garantir que o anel de fixação esteja corretamente posicionado na vagina. Talvez seja necessário mudar o tamanho do capuz cervical após gravidez completa, cirurgia pélvica ou aborto, ou em caso de mudança significativa do peso. É aconselhável substituir o capuz cervical uma vez por ano ou mesmo em intervalo menor, se apresentar sinais de deterioração.

    É possível o capuz cervical se perder ou ficar preso no interior do corpo?

    Não há motivo algum para o capuz cervical ficar perdido ou preso dentro do seu corpo. Ele é especialmente colocado por profissional da área da saúde para garantir que fique bem encaixado, podendo ser usado com eficácia por você. O capuz cervical também deve ser verificado por profissional da área da saúde em intervalos regulares, para checar se ainda está devidamente encaixado.

    Por que o capuz cervical não deve ser usado por mais de 48 horas sem interrupção?

    O uso do capuz cervical por mais de 48 horas sem interrupção pode promover o crescimento de bactérias no interior da vagina, que podem causar a Síndrome do Choque Tóxico. Choque tóxico é uma infecção rara, mas grave.

    Posso tirar o capuz cervical imediatamente após a relação sexual?

    O capuz cervical deve ser retirado após 6 horas do término da relação sexual e pode ser deixado no local por até 48 horas após o ato sexual. É necessário usar mais espermicida nas relações sexuais posteriores. Se for preciso, ele deve ser colocado na vagina e o capuz cervical, deixado no lugar.

    E se eu tiver vontade de fazer sexo?

    O capuz cervical pode ser inserido logo antes ou até 40 horas antes das relações sexuais. Algumas pessoas acham que isso pode interferir na espontaneidade.