AS DORES DO CRESCIMENTO

As Dores do Crescimento

A puberdade é uma época esquisita para todo mundo, então vamos relaxar e dizer que você é normal. De fato, você é tão normal que está passando pelo mesmo processo que todo mundo mais velho que você já passou, sentiu-se estranho e deslocado e esqueceu. O importante é que você saiba o que esperar e essa parte é para isso, para pessoas normais como você.

    O QUE É PUBERDADE?

    • Seu corpo começa a liberar hormônios que provocam o crescimento de pelos em lugares onde antes não havia, nas pernas, nos órgãos genitais, nas axilas, e no rosto também nos meninos.
    • Seu corpo vai começar a ficar mais curvilíneo, você vai começar a perceber o surgimento de algumas curvas extras com o aumento do volume dos quadris e das mamas.
    • Começam os períodos menstruais e entre eles todo mês, você talvez note uma secreção leitosa da vagina, o que significa apenas que você está bem de saúde, nada para se preocupar.

    Puberdade

    O QUE ESTÁ ACONTECENDO?

    O que está acontecendo com o seu corpo?

    A resposta é “muita coisa”. O seu corpo está amadurecendo. Está naquela fase entre ser adulto e criança e bastante ocupado se preparando para o que está por vir, a vida adulta. Geralmente se inicia entre os 8 e 13 anos em meninas e entre os 9 e 15 anos em meninos, de forma que o importante é não se comparar aos outros. Todo mundo passa por isso em seu próprio tempo.

    Alterações no Corpo

    Você vai mudar, o que é um fato basicamente científico. Portanto, é importante lembrar que isso é totalmente normal e que todo mundo passa pela mesma situação. Você vai começar a menstruar e a ganhar curvas que não tinha antes e que preparam o seu corpo para ter filhos. Tudo isso é causado por hormônios que podem às vezes fazer você se sentir confusa ou provocar flutuações de humor, mas calma que isso não vai durar para sempre. É apenas parte de você e do desenvolvimento natural do seu corpo.

    Hormônios

    HORMÔNIOS?

    • Os hormônios são substâncias químicas naturais do corpo
    • Eles regulam as funções do corpo e as emoções
    • Os hormônios são usados em algumas formas de contracepção para alterar a maneira como o corpo funciona e fazê-lo atuar de forma diferente

    O QUE SÃO HORMÔNIOS?

    O que são e o que fazem?

    Em poucas palavras, são apenas substâncias químicas naturais do corpo que ajudam a manter as coisas funcionando do modo como devem ser. Somente às vezes, como durante a puberdade, fazer o que deve ser feito pode ser um pouco chocante. Como o seu corpo está mudando, você vai começar a se sentir diferente, mas o diferente nem sempre é ruim, é apenas diferente.

    Você está se sentindo diferente porque os hormônios estão regulando as mudanças, o desenvolvimento e o amadurecimento do seu corpo, o seu ciclo menstrual (períodos) e as alterações emocionais. Se você está se sentindo temperamental, confusa ou apenas diferente, é porque os seus hormônios estão trabalhando e agora eles talvez estejam fazendo hora extra.

    Como os hormônios afetam o ciclo menstrual?

    O ciclo menstrual dura em média 28 dias (pode durar mais ou menos). Para descobrir a duração do seu ciclo, conte do primeiro dia do seu período em um mês até o primeiro dia do seu período no mês seguinte.

    Dia 1: O ciclo começa com o primeiro dia da menstruação. A parede do útero começa a se desfazer e a sangrar. O sangramento geralmente dura 5-7 dias. Alguns óvulos começam a se desenvolver em um dos ovários. Normalmente apenas um óvulo atinge a maturidade e é liberado do ovário por volta do dia 14. O óvulo começa a se deslocar através das trompas de Falópio em direção ao útero. A parede do útero engrossa para se preparar para a implantação do óvulo fecundado. Se não encontrar um espermatozoide(s) e ser fecundado, o óvulo morre. Junto com a parede espessa do útero, ele sai do corpo através da vagina. Isso é menstruação.

    Como acontece a gravidez?

    Quando o homem ejacula durante o sexo, o sêmen, cheio de espermatozoide(s), sai do pênis e entra no corpo da mulher através da vagina. Um pouco de sêmen também pode entrar na vagina mesmo se o homem ejacular fora.

    Se um óvulo foi liberado pelos ovários, ele pode unir-se ao espermatozoide(s) do homem. É isso que se chama fecundação. A gravidez começa quando um óvulo fecundado é implantado no útero.

    Importante: os espermatozoide(s) podem sobreviver no interior do útero por até cinco dias. Isso significa que se uma mulher não estivesse ovulando quando fez sexo, ela ainda poderia engravidar nos dias seguintes.

    Como os hormônios funcionam na contracepção?

    Os métodos hormonais são bastante eficazes na prevenção da gravidez. Eles controlam o ciclo menstrual, sendo usados por muitas mulheres no mundo todo para evitar a gravidez indesejada. Eles contêm um ou dois hormônios sexuais femininos, denominados progesterona e estrógeno, que são semelhantes aos hormônios que seu corpo produz naturalmente, com a única diferença que aqueles enganam seu corpo para agir de forma ligeiramente diferente. Alguns interrompem completamente a liberação de óvulos, outros apenas dificultam a motilidade dos espermatozoide(s), outros tornam a parede do útero mais fina e impedem a implantação de óvulo fecundado, mas o resultado final é sempre o mesmo, eles auxiliam na prevenção da gravidez. Entre os métodos hormonais se incluem as pílulas anticoncepcionais orais, o anel, o adesivo, as injeções contraceptivas, os implantes e o DIU Hormonal (SIU), assim como os contraceptivos de emergência. Alguns métodos hormonais são de curta duração e outros, de longa duração ou de emergência apenas.

    Como a contracepção afeta o meu período menstrual?

    Saiba que o uso de contraceptivos hormonais pode afetar os seus períodos e causar mudança no padrão de sangramento. Na verdade, o uso de contraceptivos hormonais pode ter efeitos positivos na menstruação, como tornar os períodos mais regulares e curtos e menos intensos e doloridos. Algumas mulheres podem acabar não tendo nenhum sangramento, o que, nesse caso, do ponto de vista médico não é problema.

    No entanto, principalmente nos primeiros meses de uso eles podem causar sangramento irregular ou leve que demora um tempo para se ajustar. Não é nada para se preocupar, sendo apenas temporário. Portanto, se você achar mesmo que seus períodos mudaram depois que começou a usar anticoncepcional hormonal, pode demorar um tempo para que tudo se regularize. Fale com um profissional da área da saúde se algo incomodar você, mas não pare simplesmente de usar porque você acha que tem alguma coisa errada.

    Por falar nisso, nenhum contraceptivo hormonal tem efeito duradouro perceptível no peso corporal.

    Cada um é usado de forma diferente, tem efeitos colaterais meio diferentes e apresenta vantagens e limitações um pouco distintas. Explore as diversas especificidades de cada um dos métodos e converse com um profissional da área da saúde para confirmar que você não tem problemas de saúde que podem tornar um método inadequado para você.

    PERÍODOS MENSTRUAIS

    • A menstruação pode começar entre 8 e 17 anos de idade, cada pessoa é diferente
    • Algumas mulheres têm períodos com fluxo intenso, enquanto outras, mais leve
    • Não entre em pânico! Começar a menstruar significa apenas que tudo está funcionando perfeitamente
    • Menstruar não significa que você está livre de engravidar, você pode engravidar antes, durante e depois do seu período

    Períodos

    O QUE ESTÁ ACONTECENDO?

    Menstruação, por quê?

    Entre 8 e 17 anos de idade as meninas começam a menstruar. Isso significa que todo mês um óvulo é liberado em seu útero e se ele não for fecundado, seu corpo simplesmente elimina a parede que preparou e se apronta para começar tudo de novo no mês seguinte. O sangramento pode durar de 2 a 7 dias e ser leve, intenso, curto ou longo. De novo, cada pessoa é diferente.

    Como o seu período vai afetar você?

    Incômodo, flutuações de humor e cólicas são bastante comuns durante a menstruação, mas não se preocupe, isso é completamente normal. Absorventes externos e internos e outros produtos existem para absorver o sangramento durante o período. Se você estiver preocupada, o seu médico estará sempre ao seu dispor para ajudar você a se adaptar a esse processo.

    Períodos e gravidez

    Embora o seu período seja uma reação do corpo a não gravidez, não se engane em achar que você não pode engravidar nesse intervalo de tempo. O seu corpo é uma coisa espantosa e às vezes pode parecer que tem uma mente própria, portanto fique esperta no que diz respeito a sexo. Você pode engravidar pouco antes, durante e logo após o seu período, de modo sempre use um meio contraceptivo para se proteger.

    NADA DE MITOS COMIGO!

    • Posso usar um DIU Hormonal (SIU) se nunca tive filhos?

      Claro que pode. Você não deve usar um DIU Hormonal (SIU) se estiver tentando engravidar, caso contrário é uma forma adequada de contracepção.

    • Será que a pílula vai me fazer engordar?

      Tomar pílula não tem efeito duradouro perceptível no aumento do peso corporal. Algumas mulheres passam por pequenas alterações no peso depois de começar a tomar pílula, mas isso não é comprovado por estudos clínicos que analisam os efeitos no peso corporal a longo prazo. Se estiver preocupada com isso, converse com um profissional da área da saúde sobre as opções à sua escolha.

    • Eu preciso usar algum meio contraceptivo se estiver amamentando?

      O aleitamento materno pode prevenir a gravidez por até seis meses, caso a menstruação não tenha voltado e o bebê esteja mamando unicamente no peito várias vezes durante o dia e a noite. Porém, isso não descarta a possibilidade de gravidez e assim que qualquer um desses critérios não for atendido, você pode engravidar de novo.

    • Tomar pílula por muito tempo afeta a minha fertilidade mais tarde na vida?

      É realmente possível engravidar logo que você parar de tomar pílula, portanto, isso não afeta a sua fertilidade.

    • Posso engravidar se eu estiver menstruada?

      Parecer de especialista: sim, você pode engravidar durante a menstruação. O fato de o período ter várias fases e o espermatozoide conseguir sobreviver dentro do útero por até cinco dias significa que você deve sempre se proteger se não quiser engravidar.

    • O DIU Hormonal (SIU) pode se movimentar dentro de mim e causar problemas?

      O DIU Hormonal (SIU) é um método eficaz que é inserido por um profissional da área da saúde bem treinado e que permanece no lugar por até 3 ou 5 anos. O risco de perfuração do útero é raro (ou seja, <1/1000).

    • Posso engravidar se eu não tiver orgasmo?

      O prazer do sexo não tem nenhuma ligação com a ciência do sexo. Se fizer sexo sem contraceptivo, você pode engravidar, quer goste ou não.

    • Tomar contraceptivos hormonais podem me tornar infértil?

      A contracepção hormonal não causa infertilidade. Pode demorar um pouco de tempo para o seu corpo voltar ao estado em que pode engravidar de novo, mas isso é apenas temporário. A fertilidade volta ao nível anterior em mulheres sadias, não importa por quanto tempo você tenha feito uso de método contraceptivo hormonal.

    • Posso reutilizar camisinha?

      Não, camisinhas não são um utensílio doméstico que você pode lavar e reutilizar. Elas podem até parecer ok, mas são feitas de material muito fino que se deteriora com o uso e podem rasgar se utilizadas mais de uma vez. Além disso, não tem mais espermicida dentro que ajuda a bloquear os espermatozoides. Portanto, utilize uma nova a cada vez.

    • A pílula do dia seguinte é 100% eficaz?

      Nenhum anticoncepcional tem 100% de eficácia. A pílula do dia seguinte é eficaz quando tomada o mais rápido possível após sexo sem proteção, idealmente no prazo de até 12 horas. Se tomada depois de 24 horas, já é bem menos eficaz. Quanto mais você se preparar antes de fazer sexo, menor a probabilidade de vir a precisar da pílula do dia seguinte.

    • Eu preciso dar uma pausa para o meu corpo no uso de contraceptivos orais?

      Do ponto de vista médico não há nenhum motivo para fazer pausa se você tolera bem o uso de pílula. A única razão para fazer uma pausa é se você deseja engravidar. Fora isso, você pode continuar usando o método contraceptivo de sua escolha pelo tempo que quiser.

    PERGUNTAS FREQUENTES

    Os sintomas pré-menstruais existem mesmo?

    Sim, isso não é mito! Oito em cada dez mulheres realmente sentem algum incômodo pouco antes do período mensal. Esses sintomas são causados por alterações hormonais do ciclo e para muitas mulheres são tão graves que interferem no cotidiano - tanto em termos pessoais como profissionais. No entanto, os sintomas relacionados ao ciclo ainda são alvo de ceticismo - homens em particular os consideram uma desculpa esfarrapada para as mulheres ficarem irritadiças e agirem de forma descontrolada. O que você deve saber:

    Os sintomas pré-menstruais mais comuns são divididos em dois grupos:
    De ordem afetiva: humor depressivo, ataques de raiva, irritabilidade, ansiedade, confusão, retraimento social
    De ordem somática: dores nas mamas, distensão abdominal, dores de cabeça, edema das extremidades

    Pesquisadores médicos ainda estão trabalhando para identificar a causa exata desses sintomas, mas o certo é que estão ligados a flutuações hormonais durante o ciclo menstrual. Foi comprovado que algumas pílulas anticoncepcionais combinadas conseguem reduzi-los. Fale com um profissional da área da saúde, caso você sofra com esses sintomas.

    Os sintomas relacionados com o ciclo são comuns?

    Você não está sozinha! Os sintomas relacionados com o ciclo são relatados por cerca de oito em cada dez mulheres em algum momento durante a vida fértil. Se você reclama de incômodos, tais como fissuras por algo, você pode ter sintomas que diferem dos de sua irmã ou de sua melhor amiga. Mesmo que os sintomas sejam idênticos aos de outra pessoa, você pode senti-los de forma mais ou menos intensa. Se você sofre de qualquer um desses sintomas com regularidade, sempre alguns dias antes do início do seu período, fale com seu médico ou profissional da área da saúde.

    As menstruações são sempre acompanhados de dor?

    Depende. Cólicas abdominais, cefaleia e dor nas costas, mastalgia, flutuações de humor ou náuseas, tornam os períodos de muitas mulheres um sofrimento regular. Mas você não deve sofrer em silêncio com fortes incômodos. Consulte seu médico ou profissional da área da saúde para que possam analisar as possíveis causas e pergunte como você pode aliviar a dor relacionada ao ciclo menstrual. Alguns métodos hormonais de contracepção, como a pílula ou o DIU hormonal (SIU), podem diminuir os períodos e, portanto, torná-los mais suportáveis, por exemplo, reduzindo ou impedindo o crescimento da parede do útero. Em geral, isso também significa: menos dor e menos restrições, por ex. em termos de férias, exercícios físicos e sexo.

    Fazer sexo durante a menstruação é seguro?

    Não usar contraceptivo durante o período é um jogo perigoso, porque é realmente possível haver fertilização durante essa fase do ciclo menstrual! A duração do ciclo menstrual varia de mulher para mulher, entre 21 e 35 dias. A ovulação quase sempre ocorre cerca de duas semanas antes do período, ou seja, entre 7 dia e 21 do ciclo. Como a vida útil do espermatozoide é imprevisível, sexo sem proteção pode resultar em gravidez a partir do primeiro dia do período.

    Outra coisa é que algumas mulheres interpretam errado o sangramento intermenstrual como período e acham que estão "seguras". Por isso, se não quiser ficar grávida, você sempre deve usar contraceptivo sem interrupções.

    Menstruação mensal - meu corpo pode dispensar isso.

    Há um mito comum de que o período mensal é uma forma de "limpeza” do corpo que retira germes ou células mortas do útero. Mas a verdade é: sangramento todo mês não tem nenhuma vantagem do ponto de vista médico. Portanto, não faz mal nenhum se o período for mais curto ou menos intenso em decorrência do uso de contracepção hormonal.

    Em termos históricos, as mulheres nunca tiveram tantos períodos como hoje: até 450 durante a vida toda! Antigamente, pelo contrário, as mulheres ficavam mais tempo sem terem períodos, por causa das gestações mais frequentes, com longos períodos de amamentação, o que resultava em apenas cerca de 150 menstruações durante a vida útil.

    APRENDA A FALAR SOBRE ISSO COM:

    Profissionais da Área da Saúde

    Profissionais da Área da Saúde

    Os profissionais da área da saúde conhecem o assunto melhor do que ninguém; obtenha as respostas certas para você

    Seus Pais

    Seus Pais

    Eles conhecem você melhor do que ninguém e já passaram por isso também

    Seu Parceiro

    Seu Parceiro

    Vocês estão nessa juntos e não apenas durante a relação sexual.